Relógio Azulejo Séc. XVIII Anjo

Relógios de pulso em movimento japonês, 3 ATM, isentos de níquel, caixa posterior em aço inoxidável e caixa acrílica. A cartonagem com memória descritiva do tema do relógio encontra-se em português, espanhol, inglês e francês. 2 anos de garantia.

Prod.: Relógio Azulejo Séc. XVIII Anjo

24,95 €

Encontre uma loja
Fields marked with an * are required

Diga-nos onde está…

REF: 10117 Categoria: Colecções: .

O Azulejo é uma das expressões mais fortes da Cultura em Portugal.

O Azulejo traz consigo cinco séculos de uma das contribuições mais originais do génio dos portugueses para a Cultura Universal.

É a partir do séc. XVII, com a restauração da independência em 1640 que o azulejo passa a ter um papel de destaque na arquitetura portuguesa.

A expressão ganha pela nobreza a nível nacional leva à construção de novas residências palacianas que vão exigir um grande número de azulejos para revestir superfícies em interiores e jardins. Vão-se destacar as composições polícromas (amarelo, azul e também apontamentos em verde e castanho) de tradição holandesa.

Durante quase 50 anos importaram-se dos Países Baixos conjuntos monumentais de azulejos. Reagindo à concorrência externa, as oficinas nacionais contrataram pintores com formação académica e dão início ao período de desenvolvimento da produção nacional, conhecido pelo ciclo dos mestres.

Peso83 g