Relógio Azulejo de Fachada

Relógios de pulso em movimento japonês, 3 ATM, isentos de níquel, caixa posterior em aço inoxidável e caixa acrílica. A cartonagem com memória descritiva do tema do relógio encontra-se em português, espanhol, inglês e francês. 2 anos de garantia.

Prod.: Relógio Azulejo de Fachada

24,95 €

Encontre uma loja
Fields marked with an * are required

Diga-nos onde está…

REF: 10104 Categoria:

A tradição e o rigor artístico vestem as paredes de edifícios, delimitam portas e janelas, criando a identidade portuguesa através da cor e variações de luz. Estes padrões únicos são agora reconhecidos nesta peça da Terra Lusa.

“Com a afirmação definitiva de uma burguesia ligada ao comércio e à indústria, (re)nascida do caos económico em que Portugal ficou mergulhado após as invasões francesas (1807-1811) e a guerra civil entre absolutistas e liberais (1832-1834), existe um novo uso do azulejo.
Na segunda metade do século XIX o azulejo de padrão, de menor custo, cobre milhares de fachadas, produzido por fábricas de Lisboa — Viúva Lamego, Sacavém, Constância, Roseira — do Porto e Gaia — Massarelos, Devesas.

Utilizando técnicas semi-industriais ou industriais, permitindo uma maior rapidez e rigor de produção, as fachadas com azulejo de padrão e cercaduras delimitando as portas e janelas, são elementos fundamentais, através da cor e variações de luz, da identidade urbana em Portugal.

Concentrando-se principalmente as unidades fabris no Porto e Lisboa, definiram-se duas sensibilidades. No norte é característico o recurso a relevos pronunciados, num gosto pelo volume e pelo contraste de luz e sombra; no sul, mantêm-se as padronagens lisas de memória antiga, transpondo-as dos espaços interiores, para uma quase ostensiva aplicação exterior nas fachadas.” (in Instituto Camões.)

Peso83 g